terça-feira, dezembro 23, 2014

VEREADORES SE AGRIDEM E LUCENA DIZ: "PREFEITO QUER ENCHER O BOLSO PARA REELEIÇÃO"

05_Vid01
Mais uma lei do “Robin Hood” ao contrário que o prefeito Carlos Eduardo Alves propõe para a Câmara Municipal de Natal. Foi assim que o vereador Fernando Lucena, do PT, classificou o projeto de reforma tributária que o Executivo enviou para ao Legislativo. Isso porque, além de taxar profissionais liberais, Carlos Eduardo ainda quer anistiar 80% das dívidas de grandes empresários como forma de incentivá-los a pagar à Prefeitura.
“É a lei de Robin Hood ao contrário. Por que o prefeito só cobra dos pobres? Denunciei a dívida dos ricos e a procuradoria nunca cobrou. Por quê? Porque é orientada a não cobrar de rico. Carlos Eduardo só defende os ricos e, agora, quer lascar os pobres”, classificou Fernando Lucena.
O petista, inclusive, era um dos mais exaltados na sessão extraordinária da Câmara Municipal de Natal. Lucena, inclusive, chegou a empurrar um guarda municipal que estava dentro do plenário e deu origem a um empurra-empurra que reuniu vários vereadores, como Júlio Protásio, Maurício Gurgel, Sandro Pimentel, dentre outros.
Marcos Antônio, do PSOL, também tocou nesse ponto do perfil as avessas da reforma tributária de Carlos Eduardo. Segundo ele, todos os anos, a procuradoria tem levado vários imóveis a leilão por falta de pagamento de IPTU. “Essa flexibilização do pagamento não pode ser só para os grandes, tem que ser para todos”, cobrou Marcos.
Lucena, no entanto, foi além. Para o petista, isso não é apenas um caso de Robin Hood ao contrário, é um claro exemplo de tentativa de compra de votos e apoios políticos já visando pleito de 2016, quando o prefeito deverá ser candidato a reeleição.
“Papagaio come milho e os periquitos pagam a conta, ou seja, a Câmara Municipal vai pagar uma conta que não é dela. O prefeito enche os bolsos de dinheiro, aí sim, para fazer campanha em 2016, e ninguém diz. Vão usar o dinheiro público para comprar voto, comprar liderança, arranjar emprego, porque é prática que ele tem há 50 anos da família. Dele e dos seus aliados, que foram derrotados agora nas urnas e não estão entendendo que foram derrotados”, afirmou Fernando Lucena, em plenário.
“Ficam com lorota porque não tem coragem de dizer a verdade. Digam que o prefeito quer arrecadar dinheiro para comprar vereador, como comprou agora, que não elegeu nenhum e tem 19 vereadores na sua bancada. Eu quero que o cidadão me diga porque que o vereador que estava na rua abraçando o pobre do Hermano Morais, dizendo que é o maior prefeito, agora está aqui apoiando o contrário. Fica feio, fica feio”, acrescentou o petista, relembrando que o prefeito não conseguiu eleger, em 2012, nenhum parlamentar de seu partido, o PDT, mas hoje tem uma bancada que é superior aos dois terços da Casa.