segunda-feira, dezembro 01, 2014

"A TÁTICA DO PT É BATER CARTEIRA E DIZER: EU ROUBO, MAS TODOS FAZEM A MESMA COISA"

“A corrupção existe e precisa ser combatida. Eu diria que o PT usa uma tática que é a mais grave, aquela onde o ladrão bate a carteira e sai correndo gritando ‘pega ladrão, pega ladrão’ para confundir as pessoas”. A declaração é do presidente de honra do PSDB no Rio Grande do Norte e deputado federal eleito, Rogério Marinho, em entrevista concedida a Revista Eletrônica “_RN”, que foi publicada neste final de semana.
O futuro parlamentar, que reassumirá o mandato a partir de fevereiro de 2015, criticou a forma como o governo federal vem enfrentando a sequência de denúncias na administração da presidente Dilma Rousseff, principalmente em torno da Petrobras. “O PT, hoje, está muito preocupado exatamente em colocar todos no mesmo saco. Tipo, ‘eu roubo, sim, mas todos fazem o mesmo'”, disse.
Ainda de acordo com Rogério, o que está levando milhares de pessoas inclusive a irem às ruas para protestar contra a gestão de Dilma é “essa sequência avassaladora de notícias que deprimem o cidadão. De roubo, de corrupção, de clientelismo, de acobertamento de situações, de pessoas que roubam e não são imputadas, ou seja, dessa falta de definição da justiça. Da paralisação da economia, da dificuldade nos serviços públicos essenciais”.
Ao ser questionado sobre o que espera fazer ao retornar a Câmara Federal, além de manter sua atuação voltada para a Educação, a Ciência e a Tecnologia, Rogério disse que atuará com uma “oposição construtiva”. “Mas, não abro mão dos valores e nem do que acredito, e vou combater o que acho que é o grande mal, que é a forma como o PT administra o país”, completou.
Sucessão municipal
Rogério Marinho voltou a afirmar que o governador eleito Robinson Faria e o prefeito Carlos Eduardo têm muitos problemas para resolver antes de se começar o debate em torno das eleições de 2016. “Robinson Faria foi eleito e nem tomou posse. Pensar em eleição pode ter sido um arroubo, um desabafo, uma homenagem ao PT, que foi o principal aliado. Acredito que ele vai repensar isso e tratar de eleição em 2016″, disse.
“Já o prefeito Carlos Eduardo precisa cuidar da cidade. Natal está suja, esburacada, mal cuidada, a educação não funciona; a condição de aprendizado dos nossos alunos é uma lástima, os da quarta série do ensino fundamental é algo que deve ser estudado e denunciado porque as crianças são analfabetas funcionais não sabendo ler nem escrever tampouco fazer as quatro operações. A rede de saúde pública nos bairros mais afastados não funcionam a contento, o que sobrecarrega nossos hospitais terciários”, criticou.
Jornal de Hoje