quinta-feira, maio 01, 2014

PRESOS SÃO QUEIMADOS VIVOS DURANTE REBELIÃO EM PRESÍDIO

Seis presos foram mortos por outros detentos, em uma rebelião que durou mais de oito horas no presídio de Eunápolis/BA.

Sete feridos foram levados para o Hospital Geral, mas não correm risco de morrer. Atingidos por pedras, dois policiais militares também tiveram ferimentos leves. 

Os mortos, em sua maioria presos acusados de estupro, foram amarrados a colchões e queimados vivos.

Os corpos, ainda não identificados, foram encaminhados para o IML de Porto Seguro. A rebelião foi contida por cerca de 60 policiais. A ala onde ocorreu a rebelião foi totalmente destruída e queimada.

Representantes da Polícia Militar, junto com o superintendente de gestão prisional da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e o diretor do presídio ainda decidem o local para onde os presos serão encaminhados, pois a ala não tem condições de abrigar os detentos.

De acordo com o major Cléber Santos, comandante da 7ª CIPM, a PM foi convocada para dar apoio a uma revista que seria feita nas celas da unidade prisional, o que provocou revolta no momento da fiscalização.

Para ver fotos clique AQUI e AQUI.

Fonte: Barra Pesada