quarta-feira, maio 14, 2014

BRASIL LIDERA O RANKING MUNDIAL DO MEDO DE TORTURA POLICIAL

Durante o lançamento da campanha “Chega de Tortura”, a Anistia Internacional divulgou o documento “A tortura em 2014: 30 anos de promessas não cumpridas”, com dados sobre 21 países, incluindo o Brasil, que lidera com 80 % o ranking mundial do medo de tortura policial em caso de detenção. Cerca de 21 mil pessoas foram entrevistadas e países como Nigéria, Quênia e Paquistão.
Os agravantes para esse número são os recentes abusos praticados por policiais em comunidades com Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Um dos casos mais citados no relatório, é o do pedreiro Amarildo de Souza, morto na Rocinha em julho de 2013. O texto diz que Amarildo está desaparecido desde que foi preso pela polícia militar na favela da Rocinha e que uma investigação conduzida por autoridades concluiu que ele morreu como consequência da tortura a que foi submetido no prédio da UPP da comunidade, após ser detido de maneira ilegal para averiguação.
Via - Xerife